Sessões individuais de Breema

As sessões podem ser de 30 minutos ou de 1 hora de duração. Realizadas com a pessoa totalmente vestida sobre um tapete, este método usa movimentos confortáveis que dão suporte incluindo alongamentos firmes e gentis, apoios graduais e precisos na musculatura, posturas e deslizamentos nutritivos e uma ampla variedade de movimentos ritmados e alegres (alguns suaves, alguns energizantes).
Os tratamentos de Breema variam de gentis a vigorosos, e são feitos de acordo com cada recipiente, a cada visita. Você também pode aprender exercícios de Self-Breema para ajudá-lo a acalmar a dor e a tensão e experienciar maior harmonia e equilíbrio entre as sessões.
Mesmo uma curta sessão de Breema pode relaxar e revitalizar você. Breema pode lhe ajudar a ter uma relação harmoniosa com seu corpo, mente, emoções, sua família, amigos e colegas de trabalho. Breema é um método tão seguro, natural e respeitoso com o corpo que é ideal para crianças, gestantes, terceira idade e aqueles com condições de saúde que requerem tratamento preciso e delicado.
Experiencie Breema você mesmo e fale para sua família, amigos e colegas de trabalho. Todas as pessoas precisam se revitalizar com Breema!

Atendimento Individuais de Breema (com hora marcada) com Salena e Felipe na sua visita ao Brasil em agosto de 2014 PORTO ALEGRE . Para Marcar hora a melhor forma é nos mandar um email para breema@harmoniouslife.es ou deixar uma mensagem com Geraldine (51) 9993.3987

Client testimonials

  • "Breema, momento único, Consciência única. Sorrio. Descubro que nada sei. Tudo tenho a aprender. Sempre. A beleza da Existência manifesta-se... Através de um olhar, um gentil gesto, um toque de sino. Abra-se o meu coração no profundo silêncio de um instante. Curvo-me reverentemente em gratidão à Sublime Presença que a todos nos sustenta, àqueles que com dedicação e afinco mantiveram acesa a chama de Breema por inúmeras gerações... E a vocês, Salena e Felipe, irmãos de minha alma, minha gratidão, amor e reverência pelo encontro... e por vocês existirem." Luz, Marcelo 05/05/2002